Pilates e 10 Benefícios para sua Saúde

pilates-fotos  Desenvolvido na década de 1920 pelo alemão Joseph Pilates, o Pilates é um método de exercícios físicos e mentais que vem ganhando muitos adeptos ao longo dos anos. Os exercícios suaves de baixo impacto, realizados na maioria das vezes deitados, permitem que pessoas com qualquer tipo de condicionamento físico obtenham os mesmos resultados. Isso acontece porque o Pilates baseia-se em princípios voltados para a união do corpo e da mente: concentração, respiração, precisão, fluidez, controle e centro. Os exercícios devem ser executados de forma correta, aplicando força no tronco e abdômen e alongando o corpo de forma integral.

Pilates solo e Pilates com aparelhos

  O método Pilates pode ser executado tanto no chão, Pilates solo, quanto com a ajuda de aparelhos com molas, Pilates Studio.

  O Pilates Studio facilita os exercícios, pois as molas, a cama e as empunhaduras auxiliam nos movimentos realizados. Este método é mais recomendado para pessoas que possuem problemas ósseos e musculares que dificultam os movimentos.

  O Pilates solo é todo executado no chão e exige uma força maior do praticante, já que não há aparelhos para auxiliar o movimento. Porém, a ausência de aparelhos não impede o uso de acessórios como a bola, os bastões e os elásticos que tornam os exercícios uma atividade mais lúdica.

10 Beneficios do Pilates

  1. Auxilia no tratamento e prevenção de problemas na coluna vertebral;pilates-alongamento
  1. Melhora a respiração;
  1. Relaxa, aliviando o estresse, a fadiga e as dores no corpo;
  1. Melhora a mobilidade e a coordenação motora;
  1. Corrige a postura
  1. Estimula o sistema circulatório;
  1. Elimina as toxinas do corpo e facilita a drenagem linfática;
  1. Fortalece os órgãos internos;
  1. Aumenta a concentração;
  1. Alguns médicos acreditam que, como o Pilates melhora o humor e dão uma sensação de bem-estar, este método pode ajudar no combate a depressão.

Considerações importantes

  Como o Pilates é um exercício físico, algumas observações devem ser feitas antes de iniciar as práticas. O instrutor, seja ele profissional de Educação Física ou de Fisioterapia, deve sempre fazer uma avaliação postural antes de iniciar os exercícios, a fim de identificar qualquer alteração na postura do praticante, colhendo informações importantes para diagnosticar as séries de exercícios a serem praticados.

Deve-se avaliar também a flexibilidade do praticante.

  O Pilates não deve ser praticado por crianças com menos de quatro anos e os exercícios para condicionamento e fortalecimento muscular só podem ser executados por crianças a partir de 12 anos de idade.

  Para evitar incidentes, pessoas com doenças graves, cardíacas, gestantes e idosos devem ter acompanhamento médico regular e a prática deve ser autorizada por estes.

  Verifique a qualificação do local e dos instrutores onde deseja praticar o Pilates e recomenda-se que as aulas tenham no máximo dois praticantes por profissional, garantindo a segurança e a devida atenção aos exercícios.

desafio-vip-60-superior